Athlético confirma contratações de Pablo, Victor Bueno e Marlon

0
Pablo (Foto: Fabio Wosniack/CAP)
Publicidade

O Furacão anunciou um pacote de contratações na terça-feira para a temporada de 2022, para disputar a Copa do Brasil, a Copa Libertadores da América e o Campeonato Brasileiro, os veteranos Pablo e Marlon foram confirmados pelo Athlético, além do meia-atacante Vitor Bueno que estava no São Paulo no ´ltimo ano.

Pablo deixou o rubro negro após a conquista da Sulamericana e foi vendido para o São Paulo por R$ 20 milhões e decidiu pelo time paranaense pelo desempenho quando esteve no time de Curitiba. “Estou muito feliz por estar de volta, esse é o primeiro ponto. Não tive dúvidas, em nenhum momento pensei em outra possibilidade. Sempre foi a volta para o Athletico, a volta para a minha casa. É onde eu me sinto bem, é onde muitas coisas ficaram marcadas na minha vida”.

Já Vitor Bueno chega para a sua primeira experiência defendendo as cores do Rubro-Negro paranaense, mas com uma admiração tão grande quanto a de seu colega de equipe: “Sempre que vinha jogar aqui na Arena, já admirava o clube. Os jogadores no mundo do futebol se falam. E falam bastante que o Athletico hoje é o exemplo a ser seguido tanto no futebol brasileiro quanto no futebol mundial. É um clube muito organizado. E não é à toa que está chegando às finais das competições que disputa. E tanto eu quanto o clube só temos a crescer. E vamos trabalhar para colocá-lo no mais alto nível do futebol mundial ainda”.

O meia-atacante, que assumirá a camisa 8, firmou um vínculo com o Furacão de três temporadas.

Horas depois a equipe anunciou a contratação do meia Marlos, que chegou com moral para assumir a camisa 10. O jogador, que estava no Shakhtar Donetsk (Ucrânia), assinou vínculo até o fim de 2022.

O acerto com o Furacão é especial para Marlos, que nunca escondeu que era torcedor do Rubro-Negro: “Sempre deixei muito claro que meu sonho era jogar no Athletico-PR […]. O Athletico é sensacional. Tem uma grande estrutura. Até sinto como se estivesse na Europa ainda. Acredito que em nenhum outro clube do Brasil eu viveria o que estou vivendo hoje aqui”.

(Com Agência Brasil)

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui