Pequenos se unem pela sobrevivência política em federação partidária

0
Paulo Martins (Foto: Divulgçaão)
Publicidade

O jornalista e articulador político Fernando Tupan, do Blog do Tupan, informa que o PSC, do deputado federal Paulo Marins,:o Avante, de Rodrigo Pina, e o Patriota, do deputado federal Evandro Roman, discutem a formação de uma frente formada por pequenos partidos para os próximos quatro anos, na chamada federação partidária, para a eleição de dois de outubro de 2022, o prazo para apresentar o estatuto é dia 1º de março, as agremiações tem menos de 30 dias para cumprirem as formalidades ou terão de seguir sozinhos, com risco de perderem o fundo eleitoral e partidário a partir de 2023, além de outras regalias como tempo de televisão e rádio.

Existe a possibilidade de outras siglas pequenas de se unirem, como o Agir de Zé Boni e o Brasil 35, do vereador Ezequias Barros, de Curitiba.

O deputado federal e presidente estadual da legenda, Paulo Martins, é um dos principais articuladores do movimento e pode até mesmo formalizar o nome para disputar uma vaga ao Senado Federal, esperando ter apoio dos eleitores bolsonaristas., mesmo sem eles fecharem com Jair Bolsonaro (PL)  

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui