InícioTecnologiaALEP celebra os 45 anos do TECPAR

ALEP celebra os 45 anos do TECPAR

spot_img

Por proposição do primeiro secretário da Assembleia Legislativa, deputado Alexandre Curi (PSD), e da deputada Flávia Francisquini (União Brasil), a sessão solene prestou homenagem aos 45 anos do Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar).

O Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) é uma empresa pública do Governo do Estado fundada em 1940 com o nome de Laboratório de Análises e Pesquisas para apoiar o desenvolvimento tecnológico e para atender a demandas de saúde humana e animal. Logo nos primeiros anos de operação, passou a se chamar Instituto de Biologia Agrícola e Animal e, em seguida, Instituto de Biologia e Pesquisas Tecnológicas (IBPT) ampliando suas áreas de atuação. Três décadas mais tarde, em 1978, o IBPT passou a ser denominado Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar), o que trouxe mudanças na estrutura administrativa da instituição, que ganhou status de empresa pública com personalidade jurídica de direito privado.

A proponente e presidente da sessão solene, deputada Flávia Francischini (União Brasil), destacou a importância da homenagem e o reconhecimento da instituição por sua excelência em pesquisa e inovação. “Nesse dia especial eu quero destacar o comprometimento, a excelência e a inovação que tornaram o Instituto de Tecnologia do Paraná uma referência em nosso amado estado. Entre os grandes feitos do Tecpar é importante destacar que o Instituto é o primeiro laboratório do sul do Brasil credenciado internacionalmente para conduzir análises de sorologia antirrábica veterinária, uma exigência obrigatória para pets que viajam para outros países e que também celebrou recentemente o seu segundo aniversário na oferta desse serviço. Os testes realizados pelo Tecpar, cuja aceitação se estende a 27 países, destacam o papel pioneiro da instituição na garantia de padrões internacionais para a saúde animal e evidenciam o seu compromisso contínuo com excelência na prestação de serviços laboratoriais de relevância global”.

“Além disso, é importante destacar que o Tecpar se tornou o primeiro e único laboratório público a lançar um edital inédito para o credenciamento e parceria com pessoas jurídicas na área de tecnologias digitais. Nós sabemos que essa iniciativa pioneira reflete o compromisso contínuo do Instituto com a inovação promovendo colaborações estratégicas que ampliam o seu alcance e a aplicação das tecnologias digitais em benefício da sociedade e do desenvolvimento tecnológico. Eu fico muito feliz em estar aqui homenageando essa instituição com tanta credibilidade e que se preocupa com todos, sem qualquer exclusão e discriminação. Quero expressar meu reconhecimento e gratidão a todos os profissionais do Tecpar, que diariamente se dedicam para fazer do Paraná um lugar melhor”, concluiu a deputada Flávia Francischini.

O presidente da Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação e Ensino Superior da Assembleia Legislativa, deputado Fabio Oliveira (Podemos), esteve na abertura do evento e comentou sobre a homenagem prestada pela Assembleia. “Eu tenho plena convicção que tudo que envolve a parte de tecnologia, ciência e inovação, o Tecpar faz parte disso. São 45 anos de história, são 45 anos de participação efetiva no dia a dia, do conforto tecnológico, do conforto da inovação, do conforto do que a ciência pode desenvolver a favor dos nossos paranaenses. E nada mais o que justo que nós, aqui na Assembleia Legislativa, representados pelo deputado Alexandre Curi e pela deputada Flávia Francischini, Homenagearmos a mais justa história do que o Tecpar representa para todos os paranaenses”.

A gestão do Tecpar integra os princípios ambientais, da qualidade, de saúde e segurança e de pesquisa, desenvolvimento e inovação em todos os seus processos para satisfazer as necessidades das partes interessadas e gerir o conhecimento para o aprimoramento contínuo e inovação de suas atividades visando sua sustentabilidade.

Recentemente, o Tecpar passou a integrar a Plataforma Nacional de Infraestrutura de Pesquisa (PNIPE), rede de laboratórios multiusuários do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação. O portal reúne informações sobre a infraestrutura de pesquisa nas Instituições Científicas, Tecnológicas e de Inovação (ICTs) no País. Na plataforma PNIPE podem ser cadastrados laboratórios e equipamentos disponíveis para uso compartilhado. Atualmente, as instituições paranaenses contam com 73 laboratórios e 317 equipamentos catalogados na plataforma.

O diretor-presidente do Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar), Celso Kloss, comentou sobre o reconhecimento prestado pela Assembleia Legislativa. “Esse é um momento histórico e de muito orgulho para todos nós do Tecpar. É o reconhecimento por todo o esforço e toda a contribuição que o Tecpar tem feito ao longo desses últimos 45 anos, embora a história completa seja os mais de 83 anos, como nós consideramos o período em que existia o IBPT e Instituto de Biologia e Pesquisa Tecnológica. Mas nesses últimos 45 anos o Tecpar ocupou um espaço de destaque, de importância estratégica, no desenvolvimento tecnológico e de inovação tecnológica do estado do Paraná. São 45 anos de construção e que esperamos que se repita ainda por mais vezes. Chegamos até aqui como resultado do esforço de pessoas sérias e dedicadas, graças a isso o TECPAR conseguiu construir toda essa reputação e toda essa competência para atender as necessidades notadamente da sociedade paranaense.

A mesa de honra do evento ficou composta pela proponente e presidente da sessão solene, deputada Flávia Francischini, após o deputado Moacir Fadel (PSD) realizar a abertura oficial; pelo diretor-presidente do Tecpar, Celso Kloss; pelo diretor-geral da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior; pelo conselheiro de administração do instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar), Haly Abou Chami; pelo diretor-presidente de 2003 a 2008, senhor Mariano de Matos Macedo, representando os ex-diretores e ex-presidentes; pelo diretor-presidente do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social, senhor Jorge Augusto Calado e pelo delegado e ex-deputado Fernando Francischini. Também prestigiaram o evento, a procuradora da Mulher na Assembleia, deputada Cloara Pinheiro e o presidente da Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação e Ensino Superior da Assembleia, deputado Fabio Oliveira (Podemos).

Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

hot news

Publicidade

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui