InícioTurismoALEP inclui Araucária na Rota Turística da Lavanda

ALEP inclui Araucária na Rota Turística da Lavanda

spot_img

Os deputados estaduais aprovaram o projeto de lei 698/2023 para incluir o município de Araucária, Região Metropolitana de Curitiba, na Rota Turística da Lavanda do Estado do Paraná. A proposta foi apresentada pela deputada estadual Maria Victoria (PP). O projeto segue agora para sanção do governador Ratinho Jr (PSD).

Maria Victoria reforça que a inclusão de Araucária na Rota Turística foi uma solicitação da prefeitura com o apoio da Secretaria do Turismo e do Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná – Iapar-Emater (IDR-Paraná).

“Agradecer o apoio dos deputados estaduais pela aprovação do projeto de lei. Estamos criando mais um atrativo para desenvolver negócios e gerar renda, em especial, na área rural do município”, salienta.

Araucária possui o Recanto das Lavandas localizado na Colônia Cristina com mais de dois mil pés da planta e com florada permanente. “O local é um lindo e agradável local para reunir visitantes e famílias da cidade”, pontua Maria Victoria

Rota

A Rota da Lavanda foi criada este ano, por proposição da deputada Maria Victoria e do deputado Tercílio Turini (PSD), integrando propriedades localizadas em Carambeí e Palmeira, nos Campos Gerais; Toledo, no Oeste e Londrina, no Norte, além do campus da Universidade Estadual de Maringá (UEM) de Umuarama, no Noroeste.

“A Rota da Lavanda valoriza a cultura local, promove a divulgação dos municípios com o objetivo de expandir a produção, estimular o comércio dos produtos”, acrescenta a deputada.

Cidades

Em Carambeí, a rota passa pelo Her Dorp, um vilarejo de migrantes holandeses focado no turismo rural. Além de conhecer a lavoura, quem vai ao vilarejo pode acompanhar o processo de transformar a planta numa variedade de produtos artesanais. A propriedade conta, ainda, com uma queijaria e também oferece o contato dos visitantes com bezerros.

Em Londrina, o foco da propriedade Santa Lavanda está no turismo de experiência. Os visitantes são recebidos com uma água saborizada e shortbread de lavanda, um tradicional biscoito holandês. Em seguida, assistem a uma palestra sobre os benefícios da planta e a diferença das espécies e, então, seguem para o campo onde aprendem a podar e podem levar um buquê de lavandas para casa como presente.

Quem não conhece o sorvete, a geleia de lavanda e o chocolate com a planta, vai poder experimentá-los no Lavandário Vale dos Sonhos, que fica em Palmeira. Além do campo de lavandas, o espaço conta também com três lagos, um celeiro country e oferece ensaios fotográficos e visita guiada com agendamento prévio. Os turistas também podem comprar produtos no armazém e participar de cursos de aromaterapia.

Toledo, na região Oeste, também faz parte do roteiro com a propriedade Alfazenda. Ela oferece um espaço para venda do que é produzido no local e explica sobre o cultivo da lavanda e a extração do óleo essencial.

Já quem quer saber mais sobre a extração do óleo especificamente e como ele pode ser utilizado no dia a dia deve visitar o laboratório TEC BIO, da UEM, que fica em Umuarama. Lá é possível acompanhar o preparo das amostras e a montagem dos equipamentos para extração do óleo e a análise de qualidade, além de ajudar na produção de um creme hidratante. É possível também conhecer o cheiro de 25 diferentes óleos essenciais e testar diversas combinações de sinergias.

Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

hot news

Publicidade

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui