11.6 C
Paraná
quarta-feira, julho 17, 2024
spot_img
InícioDestaquesComeçou a corrida pelo primeiro táxi aéreo elétrico

Começou a corrida pelo primeiro táxi aéreo elétrico

spot_img

Uma startup indiana se juntou à corrida para pilotar o primeiro táxi aéreo elétrico do mundo.

Em 2020, pelo menos duas startups de aviação prometeram lançar esse serviço: a Vertical Aerospace, com sede no Reino Unido, planejava iniciar as operações em 2024, enquanto a alemã Volocopter, que está preparando aeronaves de decolagem vertical, estabeleceu um prazo de 2023.

Em novembro passado, a Volocopter até testou um táxi aéreo de decolagem e aterrissagem vertical completamente elétrico (eVTOL) – com uma tripulação – em Seul, Coréia do Sul. A informação é do portal do QuartzIndia.

A ePlane Company da Índia agora se juntou à briga. Incubada no Instituto Indiano de Tecnologia Madras (IIT-M), a empresa espera pilotar o primeiro táxi aéreo elétrico e aeronave de transporte de carga do país nos próximos dois anos. O avião, um eVTOL, seria pequeno o suficiente para entrega de última milha, disse a empresa.

Cofundado pelo professor do IIM Satya Chakravarthy e seu aluno Pranjal Mehta em 2017, o projeto e os protótipos de aeronaves da ePlane Company agora precisam passar pelo processo de certificação padrão.

“…Planejamos lançar nossos protótipos para testes de voo a partir do final deste ano e colocá-los no processo de certificação e trabalhar com as partes interessadas para gerar a rede necessária para as operações paralelas”, disse Chakravarthy.

ePlane para ajudar com o problema de tráfego da Índia
A startup, que levantou US$ 1 milhão em sua rodada de financiamento da série A em 2021, começará a contratar pilotos já no próximo ano e iniciará operações entre duas cidades – Mumbai e Bangalore – inicialmente.

“A ePlane Company começará com 20 a 25 aeronaves inicialmente para oferecer um serviço de mobilidade aérea urbana confiável antes de se espalhar para outras cidades e adicionar mais aeronaves por cidade progressivamente”, disse Chakravarthy.

Procurando oferecer uma mobilidade aérea mais suave e ecológica, ele acredita que o tempo é a única área em que seus aviões terão vantagem sobre os táxis rodoviários.

spot_img
spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

hot news

Publicidade

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui