23.5 C
Paraná
quinta-feira, maio 23, 2024
InícioCiênciaCriatura marinha vulcânica de pernas longas descoberta!

Criatura marinha vulcânica de pernas longas descoberta!

spot_img

Ao redor da remota ilha de Miyake, ao largo da costa leste-central do Japão, o fundo do mar rochoso combina com a rocha vulcânica da superfície.

Espalhadas pelas rochas, existem manchas de algas verdes, brilhando contra a pedra negra.

Rastejando ao longo dessas rochas estão pequenos crustáceos – e um deles é uma espécie completamente nova.

Um grupo de pesquisadores mergulhou na água com equipamento de mergulho e snorkels em busca de criaturas misteriosas nas ilhas remotas ao redor do Japão, segundo um estudo.

Eles nadaram ao redor da costa da Ilha Miyake e viram pequenos camarões translúcidos em algumas das rochas, de acordo com o estudo. Usando uma rede manual, eles pegaram os animais e os levaram de volta ao Museu de História Natural de Osaka para uma análise mais detalhada.

Os camarões foram identificados como parte do gênero Tethylembos devido à forma das mandíbulas, de acordo com o estudo, mas algumas coisas se destacaram para torná-los únicos.

A pequena criatura, com apenas 5,4 milímetros de comprimento, tem longos pelos semelhantes a cerdas ao longo do corpo, de acordo com o estudo.

Ele também tem pernas “longas” em comparação com outros camarões conhecidos do mesmo gênero, disseram os pesquisadores.

Sua cabeça é “marrom clara com manchas marrons”, de acordo com o estudo, e há algumas manchas marrons ao longo do comprimento do corpo.

O mais notável é que a nova espécie é identificável pela natureza “escavada” de seus apêndices frontais, disseram os pesquisadores.

Ela recebeu o nome japonês “Hekomi-maeashi-yokoebi”, traduzido aproximadamente como “Camarão oco na frente, com pernas ao lado”, de acordo com o estudo.

O nome científico, Tethylembos cavatus, vem da palavra latina cavatus, que significa “oco”, referindo-se à forma do pereópode do camarão, um dos membros principais usados para se mover, de acordo com o estudo.

O camarão oco na frente foi uma das duas novas espécies descritas no estudo, e exemplares de uma espécie conhecida também foram coletados.

Mais de 30 espécies de camarões da família Aoridae já foram descritas no Japão, de acordo com o estudo.

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

hot news

Publicidade

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui