23.3 C
Paraná
terça-feira, maio 21, 2024
InícioEconomiaGoldman Sachs prevê recessão para 2022 e 2023

Goldman Sachs prevê recessão para 2022 e 2023

spot_img

As ações caíram na linha de chegada na sexta-feira nos Estados Unidos para fechar em baixa pela sexta semana consecutiva, uma sequência de perdas tão ruim quanto qualquer outra que os investidores viram na última década, segundo especialistas é o início de uma nova recessão.

Por mais devastador que isso pareça, o Goldman Sachs imagina que as coisas podem piorar. Muito pior. A informação é do portal da Fortune.

Em uma nota aos clientes, a equipe de ações do banco de investimento calculou previsões duplas para o ano inteiro para o S&P 500.

O cenário base é que o benchmark feche 2022 em 4.300, um prêmio de quase 7% em relação ao fechamento de sexta-feira. Isso pressupõe que a América Corporativa será capaz de obter lucros à medida que se adapta a uma desaceleração que se aproxima.

O pior caso é muito mais sombrio. Envolve uma recessão total que atinge a economia dos EUA, e isso significaria que as ações cairiam mais 10% para fechar 2022 em 3.600.

Lloyd Blankfein, ex-CEO do Goldman e atual presidente sênior, parece estar apostando no último cenário. No domingo, ele disse a um entrevistador do Face the Nation que há um “risco muito, muito alto” de que a economia americana entre em recessão e isso afetaria a economia mundial e o Brasil.

Os cálculos pessimistas estão adicionando mais volatilidade a um mercado de risco.

Às 3h30 da manhã de segunda-feira, as ações globais e os futuros dos EUA estavam inundados em vermelho com os futuros da Nasdaq caindo mais de 1% (depois de subir 3,8% na sexta-feira). Enquanto isso, o dólar porto-seguro estava subindo novamente, aumentando seus ganhos impressionantes em relação às moedas rivais.

Embutida na previsão pessimista do Goldman está a crença de que o crescimento econômico irá vacilar nas economias mais avançadas do mundo.

No fim de semana, em um relatório separado, o economista-chefe do Goldman, Jan Hatzius, rebaixou o crescimento do PIB dos EUA em 2022 e 2023.

A equipe de Hatzius agora vê a economia dos EUA crescendo 2,4% este ano (anteriormente, eles calculavam um crescimento de 2,6%) e um fraco 1,6% no próximo ano (vs. 2,2% no ano inteiro de 2023).

A economia sofrerá um grande golpe neste trimestre, diz Hatzius, com o Covid e a invasão da Ucrânia pela Rússia elevando os preços, prejudicando as cadeias de suprimentos e minando o poder de compra dos consumidores. Hatzius, deve-se notar, não mencionou a palavra R no relatório de sua equipe.

Ações globais, sumidouro de Bitcoin
Do outro lado do Atlântico, o Europe Stoxx 600 abriu em 0,6% mais baixo, e as ações na China estavam mais fracas.

Às 3h30 ET, o Shanghai Composite caiu 0,3% após um despejo de dados econômicos ruins que confirmaram o custo agudo das restrições Covid mais recentes de Pequim na capital financeira.

Aderindo aos ativos de risco, os investidores estão vendendo criptomoedas mais uma vez. O Bitcoin caiu abaixo de US$ 30.000 na segunda-feira, uma queda de 5%. O Ether também caiu aproximadamente na mesma porcentagem.

Olhando para o futuro, é uma semana repleta de dados econômicos e ganhos. Wall Street estará sintonizando os números de dados de varejo de amanhã para ver se o consumidor realmente está retendo os gastos. Enquanto isso, na terça e quarta-feira, os investidores receberão os últimos resultados trimestrais dos gigantes do varejo Home Depot, Lowe’s, Walmart e Target.

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

hot news

Publicidade

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui