InícioSegurançaGovernador entrega veículos e equipamentos à Defesa Civil

Governador entrega veículos e equipamentos à Defesa Civil

spot_img

A Defesa Civil do Paraná recebeu cerca de R$ 52 milhões em novos veículos e equipamentos para reforço da estrutura em todas as regiões do Paraná. A entrega foi feita no Palácio Iguaçu pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior, que enfatizou que esta é a maior aquisição da história do órgão no Estado, com impacto direto no trabalho das equipes e, sobretudo, no atendimento à população.

Dentro do pacote que começa a ser distribuído às coordenadorias regionais da Defesa Civil, estão 35 caminhões do tipo auto-bomba-tanque, uma viatura de intervenção imediata para apoio de ações de combate a incêndios com capacidade de água entre 4 mil e 5 mil litros. Também estão incluídas 25 carros modelo Saveiro, 391 motosserras, 71 almofadas pneumáticas e 57 desencarceradores.

“É a maior compra de equipamentos para a Defesa Civil nos mais de 50 anos da história do órgão. Eles começam a ser usados imediatamente nos municípios que estão sendo atingidos pelas chuvas, dando melhores condições de trabalho aos homens e mulheres que atuam nas situações de emergência e também na prevenção a desastres”, afirmou Ratinho Junior.

Ele lembrou que o Paraná registrou o outubro mais chuvoso da série histórica já analisada, com cerca de 700 milímetros de acumulado de chuva, e que causaram transtornos em 50 cidades.

“O Estado passa por um momento difícil, mas a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros trabalham 24 horas por dia para amenizar os problemas. A nossa função é dotá-los cada vez mais com tecnologia e equipamentos modernos, viaturas e caminhões, que não serão usados apenas nas enchentes, mas também em deslizamentos e acidentes de trânsito, por exemplo”, acrescentou o governador.

O maior volume de recursos foi para a aquisição dos caminhões auto-bomba-tanque: as 35 unidades totalizam R$ 31,5 milhões de investimento estadual. Eles reforçam a frota já em operação, cuja última compra desse tipo havia sido feita em 2006. Alguns dos processos de aquisição foram iniciados no final do ano de 2022, como os desencarceradores, em modelo austríaco, e as almofadas pneumáticas, importadas da Eslovênia, e que são usados principalmente na retirada das vítimas de acidentes de trânsito ou de estruturas colapsadas.

Segundo o governador, a autonomia administrativa do Corpo de Bombeiros Militar do Paraná, que compõe o sistema de Defesa Civil Estadual, também fez a diferença para a ampliação dos investimentos. “Com o apoio da Assembleia Legislativa, nós fizemos um desmembramento do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar, o que resultou em um aumento de R$ 40 milhões para R$ 118 milhões no orçamento da Corporação para o próximo ano, triplicando os investimentos em infraestrutura, equipamentos e treinamento”, concluiu.

O coordenador da Defesa Civil do Paraná, coronel Fernando Schunig, explicou que os investimentos fazem parte de um planejamento estratégico anterior às próprias chuvas que assolam o Estado desde o início de outubro.

“As equipes da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros Militar conta com homens e mulheres preparados e treinados e esses equipamentos aumentam a capacidade de resposta nos momentos de desastre. Os investimentos já estavam previstos, mas acabam ajudando também no suporte imediato à população atingida pelas chuvas, cujo volume está muito acima da normalidade”, disse.

A maior parte dos equipamento será utilizada pelos bombeiros militares, que cuidam da parte operacional das operações da Defesa Civil em nível local, em parceria com as defesas civis municipais. Para o comandante-geral da Corporação, o coronel Manoel Vasco de Figueiredo Junior, os investimentos vão permitir que mais vidas sejam preservadas.

“Estes equipamentos farão a diferença nos atendimentos, em especial nos acidentes de trânsito e combate a incêndios pelos bombeiros e as brigadas comunitárias, o que melhora o serviço prestado à população e contribui com o nosso objetivo de salvar vidas”, disse o comandante-geral, garantindo que todos os municípios serão beneficiados. “Temos a designação para o envio de cada equipamento e faremos também um remanejamento dos materiais que já estão em uso para outros municípios, atendendo todas as unidades do Corpo de Bombeiros do Estado”.

Presente no evento, o prefeito de Almirante Tamandaré, Gerson Colodel, contou que a cidade da Região Metropolitana de Curitiba sofreu com as cheias do Rio Barigui nas últimas semanas e que acredita que os investimentos vão ajudar no atendimento à população.

“A entrega destes equipamentos ocorre em um momento em que enfrentamos muitas enchentes no Paraná, por isso estamos aqui, juntamente com outros prefeitos, para acompanhar a entrega destes equipamentos, que darão mais estrutura para a Defesa Civil nos ajudar nos atendimentos à população”, afirmou.

O evento também contou com a participação do chefe da Casa Civil, João Carlos Ortega; o chefe da Casa Militar, coronel Sérgio Vieira; os secretários estaduais da Segurança Pública, coronel Hudson Teixeira; do Desenvolvimento Sustentável, Valdemar Bernardo Jorge; da Justiça e Cidadania, Santin Roveda; da Saúde, Beto Preto; da Administração e Previdência, Elisandro Frigo; e da Infraestrutura e Logística, Sandro Alex; o presidente do Instituto Água e Terra, Everton Souza; o presidente da Sanepar, Claudio Stabile; o coordenador do Plano Estadual Ferroviário, Luiz Fagundes; o comandante-geral da Polícia Militar do Paraná, coronel Jefferson Silva; os deputados estaduais Hussein Bakri, Alexandre Curi, Alexandre Amaro, Cloara Pinheiro, Márcia Huçulak, Tito Barrichello, Cobra Repórter, Goura, Artagão Junior, Luis Corti, Wilmar Reichembach, Batatinha, Adão Litro e Pedro Paulo Bazana; prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e voluntários da Defesa Civil.

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

hot news

Publicidade

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui