InícioEmpregoMaioria das cidades do Paraná tiveram saldo positivo na...

Maioria das cidades do Paraná tiveram saldo positivo na geração de empregos

spot_img

O bom resultado do Paraná no mercado de trabalho em 2023 é reflexo do dinamismo dos municípios na geração de empregos. Entre as 399 cidades paranaenses, 333 tiveram saldo positivo na abertura de vagas nos primeiros 10 meses do ano, 83% do total. Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego, o Estado criou 115.073 novos postos de trabalho formais no acumulado do ano, quarto melhor desempenho do País.

“Trabalhamos constantemente para ampliar a geração de empregos em todas as regiões do Paraná, buscando atrair novos investimento privados, reduzir a burocracia e também investir em obras em todo Paraná para movimentar a economia local e oferecer novas oportunidades nos nossos municípios”, afirma o governador Carlos Massa Ratinho Junior.

As cidades maiores lideram a geração de empregos, com destaque para Curitiba, que abriu 19.734 vagas entre janeiro e outubro. No Interior, os destaques são Londrina e Maringá, com 7.448 e 6.883 novos postos, respectivamente. São José dos Pinhais, com 6.781 vagas, e Ponta Grossa, com 4.026, fecham o topo do mercado de trabalho paranaense no acumulado do ano.

Completam o top 25 Cascavel (4.000), Pinhais (3.452), Toledo (3.022), Foz do Iguaçu (2.835), Colombo (2.562), Assis Chateaubriand (2.187), Guarapuava (1.904), Campo Largo (1.724), Francisco Beltrão (1.479), Araucária (1.449), Paranavaí (1.323), Pato Branco (1.299), Arapongas (1.284), Campo Mourão (1.225), Rolândia (1.188), Paranaguá (1.112), Ibiporã (1.024), Fazenda Rio Grande (983), Carambeí (954) e Medianeira (942).

Entre as 50 cidades que mais abriram novas vagas no ano, quatro são de pequeno porte, com menos de 25 mil habitantes. Carambeí, que tem uma população de 23,2 mil pessoas, ocupou a 24ª posição no ranking estadual com as 954 novas vagas. Com 18,9 mil habitantes, Cafelândia registrou 720 novas vagas entre janeiro e outubro. Já Nova Londrina, que tem 12,9 mil habitantes, teve saldo de 429 postos formais. Loanda, que abriu 390 vagas no ano, tem uma população de 23,2 mil habitantes.

Os menores municípios paranaenses, de acordo com o Censo 2022, também estão movimentando as contratações. Com apenas 1.323 moradores, Nova Aliança do Ivaí abriu 28 vagas neste ano. E em Santa Inês, que é a terceira menor cidade do Estado, o saldo foi de 23 novos postos formais.

Em todo o Estado, 135 municípios abriram mais de 100 vagas no período. Quatro cidades tiveram o mesmo número de admissões e desligamentos, e apenas 61 apresentaram saldo negativo nas contratações, segundo o Caged.

Terceiro maior gerador de empregos em outubro, o Paraná abriu 14.945 novos postos de trabalho no mês passado, sendo que 248 municípios tiveram saldo positivo no período. O maior volume de contratações foi novamente em Curitiba, com saldo 4.435 vagas no período, seguida de Maringá (985), Londrina (788), Ponta Grossa (718) e São José dos Pinhais (642), repetindo a movimentação do ano no mercado de trabalho.

Completam o top 25 do último mês Foz do Iguaçu (388), Pato Branco (371), Toledo (323), Assis Chateaubriand (232), Araucária (229), Campina Grande do Sul (210), Cornélio Procópio (209), Guarapuava (204), Cambé (198), Colombo (180), Palotina (176), Cafelândia (166), Umuarama (159), Pinhais (156), Fazenda Rio Grande (152), Guaratuba (148), Paranavaí (136), Francisco Beltrão (133), Marechal Cândido Rondon (128) e Cascavel (126).

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

hot news

Publicidade

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui