16.2 C
Paraná
quarta-feira, maio 22, 2024
InícioCidadesMaringá dá início à transformação do Eixo Monumental

Maringá dá início à transformação do Eixo Monumental

spot_img

O projeto que irá revitalizar o Centro de Maringá, chamado de Eixo Monumental, com intervenções que vão da Praça da Catedral Basílica Menor Nossa Senhora da Glória até o entorno da Vila Olímpica, começou a ser executado com o investimento de R$ 48.347.149,70. Inicialmente, as obras serão focadas na Praça da Prefeitura para troca de todo o piso.

Desse total, R$ 20 milhões foram liberados pelo Governo do Estado, via Programa de Transferência Voluntária da Secretaria das Cidades, enquanto R$ 28,3 milhões correspondem à contrapartida municipal. A obra objetiva melhorar a ocupação dos espaços públicos da cidade; fomentar o turismo e o comércio; incrementar o urbanismo e a convivência entre as pessoas. Estão previstas a reforma de ruas, calçadas, troca da iluminação e a instalação de uma série de equipamentos urbanos.

“A população de Maringá, que sempre cuidou tão bem da sua cidade, merece a requalificação do seu espaço urbano. Neste projeto, teremos ampliados os cuidados com a acessibilidade para idosos, crianças e portadores de necessidades especiais e a sustentabilidade ambiental e econômica. Trata-se de uma obra para garantir a qualidade de vida e a convivência; além de estimular o comércio e o turismo”, afirmou o secretário das Cidades, Eduardo Pimentel.

Com os valores autorizados, serão realizadas três das sete etapas do projeto (A, B e G): Praça da Catedral, Praça Deputado Renato Celidônio (Praça da Prefeitura) e o entorno da Vila Olímpica. Somente nesta fase, a intervenção alcançará 103.330,76 m², com demolições, retiradas e movimentação de terra, urbanização, implantação de sistema de drenagem pluvial, instalações hidráulicas, rede elétrica e de telecomunicações; sinalização viária, iluminação pública, mobiliário urbano, quiosques, coberturas e paisagismo. 

No Trecho A, onde está o maior símbolo arquitetônico da cidade, a Basílica Menor Nossa Senhora da Glória, local procurado por turistas e pelos moradores locais em feriados e fins de semana, a proposta inclui a remodelação de três estacionamentos, marquise com quiosque, parque infantil, fonte luminosa e anfiteatro a céu aberto. A implantação de materiais antiderrapantes terá como o objetivo melhorar a acessibilidade e facilitar a mobilidade de idosos e crianças.

O Trecho B corresponde à Praça Deputado Renato Celidônio, entre as avenidas Tiradentes, Duque de Caxias, XV de Novembro e Herval. O local, conhecido como Centro Cívico de Maringá, passará por diversas melhorias: nos bolsões de estacionamento, nos canteiros, nas instalações sanitárias; e terá a implantação de marquise com quiosque e parque infantil.

O Trecho G corresponde ao espaço da Vila Olímpica, entre as avenidas Prudente de Moraes, Duque de Caxias, Colombo e Herval. É onde estão reunidos o Estádio Willie Davids, com capacidade para 21 mil pessoas; o Ginásio Municipal Chico Neto; o Ginásio de Esportes Valdir Pinheiro; um velódromo, quadras de areia e piscinas olímpicas, além do Restaurante Popular. É também onde acontecem a Feira do Produtor e a maior Feira Livre de Maringá.

Neste trecho, será feita a requalificação das calçadas no entorno do complexo e a reorganização dos acessos de veículos, beneficiando pedestres e ciclistas.

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

hot news

Publicidade

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui