InícioSegurançaParaná registra queda de roubos e homicídios

Paraná registra queda de roubos e homicídios

spot_img

O estado do Paraná apresentou uma diminuição significativa no número de roubos e homicídios, além de um aumento nas apreensões de drogas durante o período de janeiro a dezembro de 2023, consolidando os bons resultados alcançados nos últimos anos na área da segurança pública. Em comparação com o ano anterior, os roubos registraram uma redução de 7,6% e os homicídios diminuíram em 9,3%. Notavelmente, as apreensões de drogas aumentaram em 100 toneladas, representando um aumento de 31%.

Os dados foram divulgados pelo secretário de Segurança Pública, Hudson Leôncio Teixeira, pelo comandante-geral da Polícia Militar do Paraná (PMPR), coronel Jefferson Silva, e pela chefe da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil, Camila Cecconello.

Segundo a série histórica analisada pela Secretaria da Segurança Pública (Sesp), o número de roubos atingiu o menor índice dos últimos cinco anos, com 23.588 ocorrências em 2023. Isso representa uma redução significativa em relação às 48.848 ocorrências registradas em 2019, com uma queda absoluta de 25.260 ocorrências, ou seja, uma média de 69 ocorrências a menos por dia em todo o estado.

A queda nos índices de roubos também foi observada em todas as modalidades do crime, como roubos a comércio, residências, ambiente público e veículos. Além disso, houve uma diminuição nos números de furtos em todo o estado, com 163.353 ocorrências em 2023, representando uma redução de 8% em relação ao ano anterior.

O secretário Hudson Leôncio Teixeira atribuiu esses resultados à reestruturação completa na segurança pública nos últimos meses, com foco em inteligência, planejamento e tecnologia. Ele destacou que o reforço de policiais militares nas ruas desde o ano passado e a recente contratação de 2,4 mil policiais pelo governo estadual contribuíram para a redução dos índices criminais.

O coronel Jefferson Silva ressaltou que o aumento do policiamento nas ruas e o acréscimo de viaturas e aeronaves resultaram na diminuição do índice de criminalidade. Além disso, Camila Cecconello, chefe da DHPP, destacou as ações da polícia judiciária na redução dos números e elucidação rápida dos casos, além do reforço no quadro de pessoal.

No período de janeiro a dezembro de 2023, o Paraná registrou um aumento significativo nas apreensões de ecstasy e pés de maconha. Foram confiscados um total de 73.869 comprimidos de ecstasy, representando um aumento de 68% em relação ao mesmo período de 2022, quando foram apreendidos 43.877 comprimidos. Além disso, as autoridades policiais também recolheram 5.029 pés de maconha em 2023, um aumento de 58% em comparação com os 3.182 apreendidos em 2022.

As forças de segurança também realizaram apreensões de outras drogas ilícitas durante o período mencionado. Foram confiscados 20.754 pontos de LSD, 4.927 quilogramas de cocaína e 1.748 quilogramas de crack, demonstrando um esforço contínuo no combate ao tráfico e uso de substâncias entorpecentes no estado do Paraná.

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

hot news

Publicidade

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui