Partidos políticos projetam desempenho eleitoral para 2022

0
Jair Bolsonaro, Lula e Sergio Moro
Publicidade

O Blog do Tupan, do articulista antenado Fernando Tupan, informa que todo início de ano eleitoral é a mesma coisa, as siglas pegam as canetas, estudam o potencial de cada candidato e projetam quantas cadeiras cada legenda pode fazer na Assembleia Legislativa do Paraná e na Câmara Federal, geralmente fazem isso para atrair potenciais candidatos com voto e dar uma turbinada no ânimo dos concorrentes, principalmente dos escadinhas que acreditam em milagres nas urnas.

Algumas variantes devem acontecer para cima ou para baixo com o desempenho dos candidatos a presidência, principalmente entre os três primeiros, Sergio Moro (Podemos, mas indo para União Brasil), Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro (PL).

O primeiro estudo para a eleição de dois de outubro realizado pela esquerda aponta que se o quadro permanecer inalterado na janela eleitoral de março, mas certamente vai mudar o tabuleiro político e o quadro de cadeiras com as mudanças esperadas, projetam os seguintes resultados:

Assembleia Legislativa do Paraná

PSD pode garantir de 10 a 15 vagas

Federação de Esquerda, 6 a 7 vagas

União Brasil, 5 a 7 vagas

Federação do PSDB/Cidadania, 2 a 3 vagas

PL, 4 a 6 vagas

Federação do PSC, 2 a 3

PP, 2 a 3

Republicanos, 2 a 3 vagas

PDT, 1 a 2 vagas

Pros, 1 a 2 vagas

MDB 2 a 4 vagas

Federação Patriota, 1 a 2 vagas

Solidariedade 1 a 2 vagas

Novo, 1 a 2 vagas

Agir, 0 a 1 vaga

PTB, 0 a 1 vaga

PSOL/Rede, 0 a 1 vaga

Avante, 0 a 1 vaga

Câmara Federal

PSD, 7 a 8 vagas

Federação de Esquerda, 5 a 6 vagas

PL, 3 a 4 vagas

UB, 2 a 3 vagas

PP, 1 a 2 vagas

MDB, 2 a 3 vagas

Federação PSC, 1 a 2 vagas

Federação PSDB/Cidadania 2 a 3 vagas

Podemos, 1 a 2 vagas

Republicanos, 0 a 1 vaga

PROS, 0 a 1 vaga

SD, 0 a 1 vaga

Novo 0 a 1 vaga

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui