15.1 C
Paraná
sábado, julho 13, 2024
spot_img
InícioSaúdeTecpar fornecerá vacina antirrábica veterinária ao governo federal

Tecpar fornecerá vacina antirrábica veterinária ao governo federal

spot_img

O Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) e o Ministério da Saúde assinaram o contrato de fornecimento de vacina antirrábica veterinária para o período de 2023/2024 com previsão de entrega de 26 milhões de doses do imunizante. A primeira remessa está prevista para esta semana e até o fim do primeiro semestre de 2024 o Tecpar concluirá a entrega de todas as doses contratadas.

As vacinas fornecidas pelo Tecpar, único laboratório público produtor do imunológico, serão usadas pelo Ministério da Saúde nas campanhas de vacinação de cães e gatos em todo o País.

O diretor-presidente do Tecpar, Celso Kloss, ressalta que o contrato reforça a posição do instituto como laboratório público oficial. “Historicamente o Tecpar fornece a vacina antirrábica veterinária às campanhas de vacinação no país e esse novo contrato reforça a relação do Ministério da Saúde com o instituto. Estamos desenvolvendo novos projetos para cada vez mais contribuir com a saúde pública brasileira”, destacou.

A vacina produzida pelo Tecpar, cujo processo produtivo desenvolvido é patenteado pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), está em constante evolução.

Em 2023, o Instituto ingressou no Programa Tecnoparque, da Agência Curitiba de Desenvolvimento. Ele prevê que parte dos impostos municipais possam ser investidos em Pesquisa e Desenvolvimento (P&D).

A inovação apresentada pelo Tecpar, e que foi aprovada para integrar o programa, trata da pesquisa de um novo método de produção da vacina antirrábica veterinária sem um dos insumos usados atualmente: o soro fetal bovino. Hoje, a aquisição desse soro representa cerca de 75% do custo total dos componentes utilizados.

Outra vantagem em conseguir fabricar a vacina sem o insumo é a eliminação de processos internos de controle da qualidade para identificar a presença de eventuais contaminantes, e também para evitar ocasionais reações alérgicas causadas por proteínas presentes no soro em cães e gatos que são imunizados.

O Programa Nacional de Profilaxia da Raiva (PNPR), criado em 1973, implantou, entre outras ações, a vacinação antirrábica canina e felina em todo País e as campanhas nacionais de vacinação para estes animais, que acontecem uma vez por ano.

Com a vacina fornecida ao PNPR, produzida pelo Tecpar há mais de 40 anos, o Brasil conseguiu controlar os casos de raiva. Nos últimos 30 anos, o País registrou uma significativa redução na ocorrência de raiva em animais e, por consequência, nas taxas de mortalidade por raiva humana.

spot_img
spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

hot news

Publicidade

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui