9.8 C
Paraná
quarta-feira, julho 24, 2024
spot_img
InícioCulturaFeira Internacional da Música do Sul estimula negócios e...

Feira Internacional da Música do Sul estimula negócios e profissionalização do setor

spot_img

A retomada e o fortalecimento de ações voltadas ao mercado da música do Sul é o foco principal da sétima FIMS – Feira Internacional da Música do Sul. Dividido em duas partes, o evento está acontecendo em Curitiba ao longo do mês de outubro e culmina, nos dias 20 e 21, com a realização do Drops FIMS, recorte da programação direcionada ao mercado musical regional, com Rodada de Negócios, Conferências, Seminários, Workshops e Showcases.

O Cine Guarani e o auditório Antônio Carlos Kraide, no Portão Cultural (Terminal do Portão), e o Teatro Londrina (Memorial de Curitiba – Largo da Ordem) concentram as atividades oficiais da programação, aberta a todos os interessados. No dia 20, para a programação mais focada em Negócios, é necessário a compra da credencial para entrar. O segundo dia do Drops é todo destinado às performances musicais gratuitas. O sábado começa com o show da gaúcha Andrea Perrone, às 11h, na Casa Heitor Stockler de França, dentro da Mostra FIMS Instrumental – Acordes na Casa, e segue no Teatro Londrina, a partir das 17h, com os showcases dos artistas selecionados – tudo gratuito, basta retirar o convite uma hora antes. Entre as mais de 100 propostas inscritas foram selecionados os showcases de Acorda em Si, Preto Martins, Anná e Soul de Brasileiro.

Já para o Circuito Off, shows noturnos em dois bares da cidade com bandas de diferentes lugares, vale a rotina dos estabelecimentos, com direito a desconto para os credenciados da FIMS. A FIMS Instrumental encerra a programação 2023 com o paranaense Murillo da Rós, dia 28 às 11h, na Casa Heitor Stockler de França.

“A FIMS é isso, é onde a música se encontra, onde artistas, programadores, curadores de festivais podem conhecer um pouco mais da cena musical do Sul”, explica o músico Téo Ruiz, diretor geral da FIMS. O objetivo maior, ressalta, é promover encontros para potencializar as carreiras artísticas, contribuindo para a formação, negócios e intercâmbios. “Queremos colaborar cada vez mais com a circulação e difusão da música brasileira no geral, e em especial a nossa música da região Sul e, ainda mais, a produção da nossa cidade, Curitiba”, pontua o músico produtor.

Reflexões e negócios – Festivais independentes, os desafios para fazer a música circular, streaming e a produção musical urbana e a música negra são temas que serão abordados no primeiro dia do Drops (20), em debates, painéis e workshops. “Circulação de música: os desafios continuam os mesmos?” será o tema da conversa entre os produtores Paulo Zé (Morrostock), Tulani Nascimento (Festival Salvador Capital Afro), Leo Morel (Tratore) e Marcelo Fruet. Daniele Correa, da União Brasileira de Compositores (UBC), vai tratar de um dos temas mais quentes da edição, no workshop “Do ABC ao Streaming”.

“A retomada dos Festivais Independentes” será assunto para Sara Loiola (ABRAFIN / Festival Yalodê) e Lili Buarque (Festival Carambola), dentro de um contexto de busca por alternativas para que o setor da música se recupere do impacto da pandemia. Já o produtor Dramaki (AIMEC) vai compartilhar experiências e fornecer insights valiosos sobre a produção musical urbana, no workshop Produção de Música Urbana em Tempo Real. Encerrando o dia de conversas, “Música Negra Brasileira: O Rap como a principal linguagem da produção contemporânea” vai celebrar os cinquentenário da cultura hip hop.

A programação noturna começa no Portão Cultural, com a Rodada de Negócios – em que cada artista credenciado terá um tempo para apresentar seu trabalho para potenciais investidores – e se estica para o Circuito OFF de shows, na Noite Soy Latino.

Para ficar por dentro de tudo, basta acompanhar os perfis da FIMS nas rede sociais.

Serviço:

FIMS 2023

Até 28 de outubro.

Ingressos para programação do dia 20/10: https://www.ingressolive.com/dropsfimscuritiba2023

Programação

DIA 20/10:

10h – ABERTURA – Continuidade, retomada e persistência!

Local: Cine Guarani (Portão Cultural – Av. República Argentina, 3.432)

10.30 às 11.30h

Painel: Circulação de música: os desafios continuam os mesmos?

Local: Cine Guarani (Portão Cultural)

11.30 às 12.30h

Workshop: Do ABC ao Streaming

Local: Cine Guarani (Portão Cultural)

14h30

Painel: A retomada dos Festivais Independentes

Local: Cine Guarani (Portão Cultural)

15h30

Workshop: Produção de Música Urbana em Tempo Real

Local: Cine Guarani (Portão Cultural)

17h

Talk – Música Negra Brasileira: O Rap como a principal linguagem da produção contemporânea

Local: Cine Guarani (Portão Cultural)

18

RODADAS DE NEGÓCIOS

Local: Auditório Antônio Carlos Kraide (Portão Cultural)

22h

Circuito oFF – Noite Soy Latino: com Troá (RJ), Nobat (MG)

Local: Soy Latino (R. Paula Gomes, 296)

DIA 21 DE OUTUBRO – shows gratuitos

11h

Showcase instrumental – Andrea Perrone

Local: Casa Heitor Stockler de França (Av. Mal Floriano Peixoto,458). Entrada franca, mediante retirada do convite uma hora antes.

17h – Acorda em Si

17h40 – Preto Martins

19h – Anná

19h40 – Soul de Brasileiro

Local: Teatro Londrina (Memorial de Curitiba)

22h

Circuito oFF – Noite Wonka, com Little B. and the Mojo Brothers (PR)

Local: Wonka (Trajano Reis, 376)

Dia 28/10

Encerramento da FIMS Instrumental com Murillo da Rós (28/10). Às 11h, na Casa Heitor Stockler de França, com entrada franca – basta retirar o ingresso uma hora antes das apresentações.

spot_img
spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

hot news

Publicidade

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui