16.2 C
Paraná
quarta-feira, maio 22, 2024
InícioTecnologiaLondrina quer ampliar parceria com Itaipu Binacional

Londrina quer ampliar parceria com Itaipu Binacional

spot_img

O presidente da Prefeitura, Marcelo Belinati, recebeu, na manhã desta segunda-feira (17), o diretor de Negócios e Inovação do Parque Tecnológico Itaipu (PTI), Eduardo de Miranda. O encontro, que contou com a presença de membros da secretaria municipal e lideranças do Ecossistema de Inovação da cidade, teve como objetivo avaliar as parcerias existentes entre a Prefeitura e a Itaipu, além de apresentar novos projetos e apontar meios e pessoas responsáveis pelo sucesso dessas ideias.

A discussão começou com a avaliação do projeto Rua Inteligente da Sergipe, trabalhado na parte final de 2021, que acompanhou a proposição de desenvolver ainda mais segurança, portabilidade metropolitana e rede por meio de novos avanços. Foram levantadas sutilezas que precisam ser mais consideradas, assim como a possibilidade de expansão para diferentes vias da cidade. “Agora vamos colaborar em projetos”, enfatizou o prefeito, “pegue o que você já tem, melhore, ajuste e trabalhe com o PTI para soluções que permaneçam consistentes e tragam benefícios para a população de Londrina”.

Pedro Sella, diretor de tecnologia e operações da Companhia de Tecnologia e Desenvolvimento (CTD) de Londrina, disse que a Guarda Municipal está bem integrada com o que é captado pelas atuais câmeras de segurança, mas que são necessárias mais câmeras e há mais locais com wi-fi gratuito. Ainda sobre o assunto, o diretor da Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização de Londrina (CMTU), Marcelo Cortez, destacou a exigência de novas câmeras que registrem em 360⁰ pontos sem cortes.

O prefeito Marcelo Belinati garantiu que as atividades precisam impactar a população. “A tecnologia, para ser efetiva, precisa melhorar a qualidade de vida da população”, afirmou. Ele disse ainda que agora a prova para o Desenvolvimento Ambiental da cidade é pensar em arranjos junto com o Parque Inovador Itaipu. “Londrina se tornou um polo nacional e mundial na área de tecnologia e inovação. São várias empresas de tecnologia e grandes multinacionais que passaram por aqui, o que gera emprego e renda”, comentou ainda.

Com nova gestão do governo federal, a Itaipu ampliou seus investimentos em projetos com foco em Tecnologia e Inovação, meio ambiente e infraestrutura, abrangendo hoje todos os 399 municípios paranaenses. Isso traz novas oportunidades para Londrina, que, como disse Miranda, é uma cidade essencial. “Londrina é uma peça fundamental para essa democratização do conhecimento do PTI e, também, uma referência por sua importância regional e pela abrangência que tem ao redor”, destacou.

O diretor do PTI elogiou a grande ligação com a Prefeitura de Londrina e disse que o Parque Tecnológico Itaipu está de portas abertas para tornar Londrina uma cidade muito mais referência em trabalho e capacidade em inovação de dados. ” Lidamos com esses avanços usando nossa habilidade. Conectamos negócios e fomos os primeiros a instalar no Brasil o SandBox, ambiente de testes de soluções inovadoras, por meio do PTI. Isso nos deu muita experiência.

O grupo presente recomendou que o titular do CTD, Pedro Sella, seja o responsável pelo acompanhamento das próximas reuniões, que devem ser apenas especializadas. Miranda agradeceu ao prefeito a iniciativa de reunir as diversas lideranças da cidade que incentivam a inovação. “Saímos daqui com vários projetos em que podemos aplicar nossa expertise contando com inteligência artificial. Juntos, vamos definir o que investir primeiro, como e onde fazer, além de atrair novos parceiros para que isso se torne realidade”, afirma o diretor do PTI.

Também participaram do encontro representantes do Londrina Iluminação, do Sebrae, do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (Codel), da Companhia Municipal de Trânsito e Urbanismo (CMTU), do Instituto de Pesquisas e Planejamento Urbano de Londrina (Ippul) e da Estação 43.

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

hot news

Publicidade

ARTIGOS RELACIONADOS

1 COMENTÁRIO

  1. Itaipu de novo virando instrumento de negócio sujo da política, já não basta ter de carregar todos os municipios da costa oeste do Paraná agora até vó norte velho quer ver se arruma uma boquinha nas tetas da Itaipu que deveria sim servir aos paranaenses vendendo energia barato ao povo do Paraná.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui