Sem medalhões, Brasil goleia o Paraguai nas Eliminatórias da Copa do Mundo

0
Raphinha (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)
Publicidade

A seleção brasileira mostrou contra os paraguaios a necessidade de renovação na equipe comandada por Tite pela 16ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo, no Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, com a goleada por 4 a 0.

Sem o atacante Neymar, do PSG, se recuperando de uma lesão no tornozelo esquerdo ocorrido no ano passado, o craque do jogo foi o atacante Raphinha, autor do primeiro gol, aos 26 minutos do primeiro tempo e a autor das principias jogadas da seleção brasileira.

Com o Brasil já classificado para a Copa, Tite teve tranquilidade para realizar alguns testes diante dos paraguaios. Em comparação à formação que empatou por 1 a 1 com o Equador na última quinta-feira (27), na capital equatoriana Quito, o treinador realizou seis mudanças.

Porém, mesmo com tantas alterações, o Brasil começou muito bem, com Raphinha superando o goleiro Antony Silva com menos de dois minutos de bola rolando. Porém, o atacante acabou tocando a bola com a mão no lance e o gol foi anulado pelo juiz com auxílio do VAR (árbitro de vídeo).

O Brasil continuou a mandar na partida e teve nova oportunidade de abrir o marcador com Raphinha aos 16 minutos, quando Matheus Cunha lançou Vinícius Júnior, que avançou pela ponta esquerda e cruzou rasteiro para o camisa 19, que acabou falhando na hora da finalização.

Porém, aos 27 minutos Raphinha conseguiu finalmente comemorar um gol. O jogador do Leeds United (Inglaterra) recebeu lançamento longo de Marquinhos na entrada da área, avançou, se livrou de um adversário com um bonito drible e bateu firme para abrir o marcador. Este foi o terceiro gol do jogador em sete jogos pela seleção.

O quarto gol de Rapinha pelo Brasil quase saiu no início da etapa final, quando o atacante acertou a trave com um chute de primeira após cruzamento de Vinícius Júnior.

Assim, o Brasil só conseguiu ampliar o marcador aos 16 minutos, em jogada que começou novamente com Marquinhos. O zagueiro encontrou Philippe Coutinho, que bateu de direita, da entrada da área, para colocar uma curva na bola e marcar um golaço.

Já no finalzinho do confronto, aos 40 minutos, a seleção brasileira chegou ao terceiro e ao quarto gols. O primeiro veio com uma finalização de canhota de Antony, que entrou no decorrer da etapa final. O placar foi fechado por Rodrygo, que marcou após boa jogada coletiva. Com a vitória o Brasil mantém a liderança das Eliminatórias, agora com 39 pontos.

Brasil: Ederson, Daniel Alves, Thiago Silva, Marquinhos e Alex Telles; Fabinho, Lucas Paquetá (Rodrygo) e Coutinho (Bruno Guimarães); Raphinha (Everton Ribeiro), Vini Jr. (Antony) e Matheus Cunha (Gabriel Jesus)

(Com Agência Brasil)

Publicidade

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui