25.1 C
Paraná
quinta-feira, julho 25, 2024
spot_img
InícioGeralEstado cria Núcleos Regionais de Inovação e expande conexão...

Estado cria Núcleos Regionais de Inovação e expande conexão entre os municípios

spot_img

O Governo do Paraná, por meio da Secretaria de Inovação, Modernização e Transformação Digital (SEI), investiu em 2023 no progresso dos municípios com iniciativas voltadas ao desenvolvimento científico e tecnológico, fomento da cultura de inovação e projetos de conectividade.

A Secretaria de Inovação criou Núcleos Regionais de Inovação (NRIs) nos municípios de Paranaguá, Ponta Grossa, Guarapuava, Pato Branco, Cascavel, Foz do Iguaçu, Umuarama, Maringá, Londrina e Jacarezinho.

O projeto recebeu o investimento de R$ 15 milhões, sendo R$ 1,5 milhão para cada um dos núcleos das 10 cidades envolvidas. Cada agência irá contar com espaços de coworking públicos e totalmente gratuitos para uso da população local, sendo um ambiente colaborativo para impulsionar ideias e projetos.

“O mais importante é o Governo do Estado amparar os municípios porque a vida das pessoas acontece nas cidades. Com os prefeitos tendo segurança no governo estadual, eles conseguem resolver demandas históricas e crônicas”, afirma o secretário Marcelo Rangel. “Uma das vertentes principais da SEI é o apoio direto aos municípios através de investimentos”.

Outra iniciativa direta do Governo do Paraná foi o credenciamento dos ambientes promotores de inovação pelo Sistema Estadual de Parques Tecnológicos do Paraná (Separtec). São 188 ambientes espalhados por todas as regiões, totalizando 42 cidades paranaenses. 

A iniciativa é resultado de parceria entre a SEI, a Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (SETI) e a Fundação Araucária, integrando uma estratégia que inclui, também, a destinação de R$ 34 milhões para fomento da inovação em todas as regiões do Paraná por meio de duas chamadas públicas, com editais abertos até fevereiro de 2024.

Os ambientes promotores são espaços públicos e privados que favorecem ações de empreendedorismo, inovação e pesquisa científica e tecnológica, dentre eles estão espaços como aceleradoras, agências de inovação, centros de inovação, espaços maker, hubs de inovação, incubadoras e parques tecnológicos.

No total, 13 agências de inovação estão credenciadas nos seguintes municípios: Morretes, Guaratuba, Rio Azul, Manoel Ribas, Jacarezinho, Cianorte, Ibiporã, Arapongas, Araucária, Assaí, Clevelândia, Matinhos e Santo Antônio da Platina.

As Agências de Inovação têm como objetivo promover o desenvolvimento de municípios por meio da criação de espaços públicos com governança compartilhada entre os municípios, o governo estadual, instituições de ensino, secretarias municipais, Sistema S e setor privado.

A SEI também investiu em projetos de conectividade, como o Wi-Fi Paraná Inovador, que tem como objetivo ampliar o acesso aos serviços de conexão à internet nos municípios, em especial nas áreas com menor desenvolvimento, com a instalação de Wi-Fi em locais com grande circulação de pessoas. Os primeiros pontos serão instalados em 2024.

Outro projeto iniciado pela Secretaria da Inovação é o de conectividade rural. A iniciativa está em fase de estudos técnicos para entender as demandas, além de analisar questões tecnológicas e desenvolver soluções considerando as particularidades de cada região para que a internet chegue no campo paranaense.

Visando o avanço do setor rural e a otimização da produção agrícola, neste ano a SEI se reuniu com representantes do setor agrícola (Sistema Faep), cooperativas, indústrias, órgãos governamentais, operadoras de telecomunicações e associações para discutir políticas públicas para melhorar o dia a dia dos produtores rurais.

spot_img
spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

hot news

Publicidade

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui