15.9 C
Paraná
domingo, junho 23, 2024
InícioMundoMetade das tropas russas enviadas para a Ucrânia foram...

Metade das tropas russas enviadas para a Ucrânia foram mortas ou feridas, estimam os EUA

spot_img

Mais de 75.000 russos foram mortos ou feridos na guerra na Ucrânia até o presente momento, de acordo com estimativas classificadas do governo Biden. O briefing confidencial divulgado pela CNN, foi fornecido aos legisladores na Câmara dos Deputados.

As estimativas de baixas para os militares de ambos os lados são altamente especulativas, alertaram autoridades dos EUA. Eles costumam dar intervalos em vez de números específicos, embora na semana passada o diretor da CIA estimou que 60.000 soldados russos foram mortos ou feridos. Algumas estimativas chegam a 80.000 vítimas. Informações advindas do portal the telegraph.

Autoridades do governo Biden disseram aos legisladores da Câmara hoje em um briefing classificado que mais de 75.000 russos foram mortos ou feridos durante a guerra em andamento na Ucrânia. (h/t @MZanona @NatashaBertrand)

— Marshall Cohen (@MarshallCohen) 27 de julho de 2022

Se o número for preciso, isso significaria que aproximadamente metade do número de tropas russas comprometidas com o esforço de guerra foi morta ou ferida durante a guerra até agora. Autoridades ocidentais sugeriram anteriormente que cerca de 150.000 soldados russos foram lançados na invasão.

Na terça-feira, o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky afirmou que 40.000 russos foram mortos até agora na guerra, com dezenas de milhares mais feridos.

Esses números estão amplamente alinhados com as informações confidenciais fornecidas pelo Departamento de Estado, Departamento de Defesa, Chefes de Estado-Maior Conjunto e Gabinete do Diretor de Inteligência Nacional à Câmara dos Deputados.

Autoridades do Pentágono disseram que perder apenas 10% de uma força militar, incluindo mortos e feridos, torna uma única unidade incapaz de realizar tarefas relacionadas ao combate. Tais perdas também afetam o moral e a coesão de uma unidade militar.

Nem as autoridades russas nem ucranianas comentaram quantas perdas sofreram, com ambos os lados tentando proteger seu verdadeiro número de mortos em um esforço para manter o moral.

No entanto, um conselheiro sênior de Zelensky disse recentemente que as baixas militares estão agora entre 100 e 200 por dia.

spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

hot news

Publicidade

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui