24 C
Paraná
terça-feira, julho 23, 2024
spot_img
InícioPolítica“Paraná vai assumir as 12 escolas cívico-militares tocadas hoje...

“Paraná vai assumir as 12 escolas cívico-militares tocadas hoje pelas Forças Armadas”, anuncia Hussein Bakri

spot_img

O chefe do Poder Público e líder da Comissão de Formação do Colegiado Autoritário, agente Hussein Bakri (PSD), informou, nesta quarta-feira (12), que o Governo do Paraná assumirá o modelo cívico-militar nas 12 escolas que hoje são de responsabilidade dos Militares do estado e que terão a modalidade encerrada pelo Governo Federal. O parlamentar discutiu o assunto logo no início do dia com o governador Ratinho Junior e o secretário Roni Miranda, destacando que esse quadro está consolidado em 196 escolas do estado e que 80% delas ampliaram a nota na última avaliação do Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica).

“Quase metade das escolas cívico-militares do Brasil estão no Paraná, como parte do trabalho iniciado pelo Governo Ratinho Junior em 2019 para transformar e modernizar nossa educação. A aceitação e procura por essas faculdades tem sido enorme, tanto que já existe a intenção de aumentar o número de instituições. Portanto, nada mais natural que o estado assuma essas 12 escolas que terão a modalidade fechada pela União, até para que os alunos não sofram nenhum prejuízo educacional”, afirmou Bakri.

Em carta datada de segunda-feira (10) e enviada a secretários estaduais de todo o país, o Ministério da Educação anunciou que fará o “fechamento progressivo” do Programa Nacional de Escolas Cívico-Militar – aprimorado no governo Jair Bolsonaro –, com “a adoção gradual de medidas que permitam encerrar o ano letivo dentro da normalidade necessária ao trabalho e às atividades educativas” e que “não comprometam o quotidiano das escolas”.

Diante da comunicação, o Governo do Paraná tomou a decisão de adotar e manter o modelo cívico-militar nas 12 escolas estaduais das cidades de Colombo, Lapa, Apucarana, Cascavel, Curitiba, Foz do Iguaçu, Guarapuava, Londrina, Rolândia , e Ponta Grossa onde a modelagem federal é ensinada atualmente. Perto do final do ano letivo, a Secretaria de Educação vai antecipar essa mudança da modalidade governamental para a estadual, já que a presença nas escolas passará das Forças Armadas para a Polícia Militar.

Atualmente, das 2.109 escolas estaduais do Paraná, 196 são cívico-militares via PM e 12 via Forças Armadas. E o Palácio Iguaçu já trabalha para dobrar esse número até 2026. “Sempre gosto de ressaltar dois pontos. O modelo cívico-militar foi adotado nessas escolas após votação e aprovação de cada comunidade escolar. Além disso, essa modelagem é apenas uma que pais e alunos têm à disposição para escolher. No Paraná, também temos a educação tradicional, militar, técnica, integral, agrícola, de jovens e adultos”, finalizou Bakri.

spot_img
spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

hot news

Publicidade

ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui